Página InicialGruposDiscussãoMaisZeitgeist
Pesquisar O Sítio Web
Este sítio web usa «cookies» para fornecer os seus serviços, para melhorar o desempenho, para analítica e (se não estiver autenticado) para publicidade. Ao usar o LibraryThing está a reconhecer que leu e compreende os nossos Termos de Serviço e Política de Privacidade. A sua utilização deste sítio e serviços está sujeita a essas políticas e termos.

Resultados dos Livros Google

Carregue numa fotografia para ir para os Livros Google.

A carregar...

Tractatus Logico-Philosophicus (1921)

por Ludwig Wittgenstein

Outros autores: Ver a secção outros autores.

MembrosCríticasPopularidadeAvaliação médiaMenções
4,184462,862 (4.06)60
Perhaps the most important work of philosophy written in the twentieth century, Tractatus Logico-Philosophicus was the only philosophical work that Ludwig Wittgenstein published during his lifetime. Written in short, carefully numbered paragraphs of extreme brilliance, it captured the imagination of a generation of philosophers. For Wittgenstein, logic was something we use to conquer a reality which is in itself both elusive and unobtainable. He famously summarized the book in the following words: 'What can be said at all can be said clearly; and what we cannot talk about we must pass over in silence.' David Pears and Brian McGuinness received the highest praise for their meticulous translation. The work is prefaced by Bertrand Russell's original introduction to the first English edition.… (mais)
A carregar...

Adira ao LibraryThing para descobrir se irá gostar deste livro.

Ainda não há conversas na Discussão sobre este livro.

» Ver também 60 menções

Inglês (35)  Francês (5)  Romeno (1)  Português (Brasil) (1)  Espanhol (1)  Sueco (1)  Tagalo (1)  Todas as línguas (45)
Mostrando 1-5 de 45 (seguinte | mostrar todos)
The point ------->

Me: :)

That was a weird language game mister Ludwig... ( )
  antoni4040 | May 14, 2024 |
No entendí nada (tal y como predijo su autor) pero lo disfruté bastante. ( )
  arturovictoriano | Mar 14, 2024 |
Trans. D. F. Pears and B. F. McGuinness. More understandable than I thought it would be. Very interesting, although I wonder if it solves a problem no one needed solving in any real sense. But W would agree as he determines philosophy is an action, not a problem solving mechanism and even the action is suspect, at least so far as logic is concerned because nothing can be said linguistically about the world with any logic. But did we need to prove that logic is not complete? Goedel obviously proved it can not be, but even on a practical level, philosophy can analyze ideas without needing to conform to mathematical logic. One doesn’t need the other necessarily. Still his dismantling of the idea of the logic of language was fascinating.
From intro by Russel: a philosophical work consists essentially of elucidations. The result of philosophy is not a number of “philosophical propositions” , but to make propositions clear “. (Xiii)
3.328 if a sign is useless, it is meaningless. That is the point of Occam’s maxim. (If everything behaves as if a sign had meaning, then it does have meaning.)
5.6 the limits of my language mean the limits of my world.
7 what we cannot speak about we must pass over in silence
  BookyMaven | Dec 6, 2023 |
CUPRINS

1. Cuvant inainte la editia a doua - pag. 7
2. Nota istorica - pag. 9
3. In ajutorul cititorului - pag. 33

4. Tractatus Logico - Philosophicus - pag. 97

5. Note - pag. 191
6. Lista de simboluri - pag. 206
7. Indice - pag. 209
  Toma_Radu_Szoha | Apr 28, 2023 |
The solution of the riddle of life in space and time lies outside space and time. [...] Not how the world is, is the mystical, but that it is. ( )
  drbrand | Jan 24, 2023 |
Mostrando 1-5 de 45 (seguinte | mostrar todos)
sem críticas | adicionar uma crítica

» Adicionar outros autores (62 possíveis)

Nome do autorPapelTipo de autorObra?Estado
Wittgenstein, Ludwigautor principaltodas as ediçõesconfirmado
Blumbergs, IlmārsIlustradorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Favrholdt, DavidTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Hermans, Willem FrederikTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Kolak, DanielTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
McGuinness, B. F.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Muñoz, JacoboEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Muñoz, JacoboTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Nyman, HeikkiTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ogden, C. K.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ozoliņa, IndraEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Pears, David F.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Petrović, GajoTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Ramsey, Frank P.Tradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Rasels, BērtrandsPrefácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Rītups, ArnisPosfácioautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Reguera, IsidoroEditorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Russell, BertrandIntroduçãoautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Taurens, JānisTradutorautor secundárioalgumas ediçõesconfirmado
Tem de autenticar-se para poder editar dados do Conhecimento Comum.
Para mais ajuda veja a página de ajuda do Conhecimento Comum.
Título canónico
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Título original
Títulos alternativos
Informação do Conhecimento Comum em finlandês. Edite para a localizar na sua língua.
Data da publicação original
Pessoas/Personagens
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
Locais importantes
Acontecimentos importantes
Filmes relacionados
Epígrafe
Dedicatória
Primeiras palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
1. The world is all that is the case.
Citações
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
6.54 My propositions are elucidatory in this way: he who understands me finally recognizes them as senseless, when he has climbed out through them, on them, over them. (He must so to speak throw away the ladder, after he has climbed up on it.) He must transcend these propositions, and then he will see the world aright.
6.53 The correct method in philosophy would really be the following: to say nothing except what can be said, i.e. propositions of natural science--i.e. something that has nothing to do with philosophy--and then, whenever someone else wanted to say something metaphysical, to demonstrate to him that he had failed to give a meaning to certain signs in his propositions. Although it would not be satisfying to the other person--he would not have the feeling that we were teaching him philosophy--this method would be the only strictly correct one.
Últimas palavras
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
(Carregue para mostrar. Atenção: Pode conter revelações sobre o enredo.)
Nota de desambiguação
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
The original German title is “Logisch-Philosophische Abhandlung”.
Editores da Editora
Autores de citações elogiosas (normalmente na contracapa do livro)
Língua original
Informação do Conhecimento Comum em inglês. Edite para a localizar na sua língua.
DDC/MDS canónico
LCC Canónico

Referências a esta obra em recursos externos.

Wikipédia em inglês (4)

Perhaps the most important work of philosophy written in the twentieth century, Tractatus Logico-Philosophicus was the only philosophical work that Ludwig Wittgenstein published during his lifetime. Written in short, carefully numbered paragraphs of extreme brilliance, it captured the imagination of a generation of philosophers. For Wittgenstein, logic was something we use to conquer a reality which is in itself both elusive and unobtainable. He famously summarized the book in the following words: 'What can be said at all can be said clearly; and what we cannot talk about we must pass over in silence.' David Pears and Brian McGuinness received the highest praise for their meticulous translation. The work is prefaced by Bertrand Russell's original introduction to the first English edition.

Não foram encontradas descrições de bibliotecas.

Descrição do livro
Resumo Haiku

Current Discussions

Nenhum(a)

Capas populares

Ligações Rápidas

Avaliação

Média: (4.06)
0.5 1
1 6
1.5
2 20
2.5 5
3 74
3.5 12
4 137
4.5 22
5 166

É você?

Torne-se num Autor LibraryThing.

 

Acerca | Contacto | LibraryThing.com | Privacidade/Termos | Ajuda/Perguntas Frequentes | Blogue | Loja | APIs | TinyCat | Bibliotecas Legadas | Primeiros Críticos | Conhecimento Comum | 206,435,868 livros! | Barra de topo: Sempre visível